sábado, 17 de abril de 2010

E fez-se silêncio...

Silêncio é o que normalmente acontece quando o tema é sexo anal... Ainda existe um tabu muito grande sobre o assunto, noto isso nas reuniões... Quem faz raramente admite, a maioria nem se pronuncia sobre o assunto e, quem fala acaba sempre por dizer que isso" não é a minha praia".
Pergunto sempre se já experimentaram e, na maioria dos casos a reposta é NÃO e também nem querem mas nem sabem muito bem justificar o porquê de não quererem.
Há pequenas coisas que podem ajudar a iniciar a prática de sexo anal... Claro que, em que estar os dois de acordo, os dois tem que querer mas, o principal é deixar os medos e tabus de lado e, só assim se conseguirá um momento de grande prazer...

[ fica para a próxima falar de homens que gostam de ser penetrados enquanto se faz oral]


37 comentários:

Velho do Restelo! disse...

Ora bem...
Acabei de descobrir que nunca uma "namorada/amiga especial" minha foi a uma das tuas reuniões!
Acho que seria suficiente ficar por aqui... pois estaria basicamente tudo dito!!! Mas Não!
Sou fã!!! E esclareço já que o facto de um homem gostar de sexo anal... NÃO FAZ DELE MINIMAMENTE HOMOSSEXUAL!!! (É que acontece muitas vezes associarem o "anal" à homossexualidade reprimida - tá tudo doido)
Confesso que "gastei" muito tempo a aperfeiçoar-me nessa técnica, principalmente na iniciação das companheiras! Pois é muito diferente!!! Nem todos os homens o sabem fazer... comigo também tem que ser bom para ela - o ideal é que seja tão bom para ela como para mim-. Mas isso não se consegue com amor... é com o respeito pela parceira, com muita calma e paciência... e com muita informação.. e COM UMA AJUDINHA EXTRA SE FOR CASO DISSO (é só abrirem a maleta)!!!
Muitas mulheres entendem que se for feito com o homem que amam... a coisa vai certamente correr bem!!! Nada mais errado!!! Se ele "não o souber fazer" vão ficar traumatizadas por uns tempos!!
Estamos a Falar de Sexo... e não de amor!!! Eu digo: Uma coisa é fazer Sexo outra é Fazer Sexo com a pessoa Amada!!!
Bem... nesta altura o meu comentário já deve ir maior que o post... fico por aqui!!!

Beijinhos para a Moranga e Boas Vibrações para todos!!

Moranga disse...

Velho do Restelo,

Sim... o teu comentário é maior que o post... Mas não faz mal... Eu é que por norma não gosto de escrever textos muito longos (salvo algumas excepções).
Hum... Interessante... E ao menos ela gostou da reunião? E foi mesmo comigo? ;)
O mundo é mesmo pequenino...
Fiquei confusa (risos). és fã de sexo anal ou que te penetrem durante o sexo oral?? ;)
E concordo contigo... O facto de se gostar de sexo anal, não faz de um homem homosexual... Também concordo contigo no que diz respeito ao estarmos a falar de sexo e não de amor...
Quanto ao ser mal feito... bem isso há muito que se lhe diga... O que eu acho é que à partida uma pessoa que vá tentar fazer mas já está com os dois pés atrás, o resultado final não pode ser bom... E também acho que neste caso o tamanho importa sim... Mas isso é a minha opinião.

Bjos e boas vibrações.

P.S: Engraçado porque já vou pondo muita gente a desejar boas vibrações... hehe

Velho do Restelo! disse...

Moranga Distraída...

Eu disse NUNCA foram!!! Pois... acho que com todas sempre houve sexo anal!!! E que sempre dariam a opinião delas... porque o passaram a fazer entre amigas!!!
Quanto à penetração durante o sexo anal... quando fizeres o post comento... AGORA NÃO!!!
Quanto ao tamanho...
Minha Amiga... isso dava para muitos posts!! Mas... Não é condição obrigatorio a penetração ser total... como tal... não importa assim tanto!!!
Quando a mulher vai já com medo... piora sempre um pouco... mas aí... depende do homem... Tenho os meus truques!!!

Desejar boas vibrações... só mesmo por aqui!!!

Beijinhos para a Moranga e Boas Vibrações a todos!!!

Lou Alma disse...

Moranga aí está um tema sobre p qual tenho pouco a acrescentar, apesar da curiosidade ser grande. As poucas experiëncias que tive ( se é que se pode chamar isso ) é que realmente doi. Mas não deixo de ter curiosidade uma vez que dizem poder dar prazer. Beijos e obrigado por partilhares as ideias. :)

Velho do Restelo! disse...

Moranga... O que eu queria dizer era: Quanto à penetração durante o SEXO ORAL... na altura certa a sério que comento!!!

Lou Alma... diz: "uma vez que dizem poder dar prazer." Pelo retorno que tenho... é que não há orgasmo mais intenso que o atingido SÓ pelo sexo anal!!!

BpM BVT

Lou Alma disse...

O que me faz ficar curiosa, esperando que os homens deste país aprendem a pensar também nelas na altura do prazer, para poderem disfrutar sem tabus do enorme potencial de saude que é o sexo com orgasmos a dois seja lá de que forma for desde que desejada por ambos. ;)

Optimas vibrações.

Velho do Restelo! disse...

Compete às mulheres... educarem "os burrinhos" que assim não entendem o sexo!!! Sem duvida que por norma os homens são muito egoístas... Mas não somos todos!!! ;)

Moranga disse...

Velho do Restelo,

Realmente... esta moranga anda muito distraída... Risos. Deve ser da trovoada. :p

Podemos dizer então que és um homem com sorte... Porque a maioria das mulheres não quer/gosta.
Quanto ao resto... Estou a ver que tenho mesmo que fazer um post para saber a tua opinião! Mas lá chegarei...
Em relação ao egoísmo... Tenho uma opinião um tanto ao quanto polémica... Acho que devemos ser todos um pouco egoístas no prazer mas, acima de tudo tem que haver diálogo. :)

Lou Alma,

Ter curiosidade já é muito bom... No teu caso como já tiveste algumas experiências que não correram bem acredito que na altura de voltar a experimentar haja uma certa tensão... Aproveita para fazer quando estiveres mesmo muito excitada e usa lubrificante, ajuda muito e, vais ver que para a próxima irás mudar a tua opinião.

;)

Bjos e boas "trovoadas" para todos.

Velho do Restelo! disse...

Moranga... concordo contigo quanto às vantagens de ser egoísta... mas para isso era preciso haver (ou eu encontrar) mulheres mais egoístas!!!
Infelizmente... muitas mulheres tem uma postura muito passiva o que faz com que seja tudo "à maneira" do homem... isso para mim é um pouco cair na rotina... O que me "obriga" a querer sempre "cumprir ordens/satisfazer"!!
(já chega... estou sempre a fazer comentários maiores que o post)risos

Lou Alma disse...

O pior de tudo numa relação é o sempre igual, a rotina. É bom inventar jogos posições, maneiras de gozar e fazer gozar, é bom inverter papeis e posições. E sobretudo não ter medo de exprimir vontades e desejos. :) não pode ser sempre ela a mandar mas não pode ser sempre ele também.

A minha essência disse...

Humm... Tema bastante sugestivo e melindroso... (Risos)

Acredito essencialmente que temos que ter sorte no parceiro! Depois, nos entregarmos a 100% no acto em si...

Não acredito que quem experimente de maneira adequada não goste... :)

Beijos :D

Bons devaneios :P

Vem que eu Ensino disse...

Nestas coisas é sempre precisa muita atenção pois surpresas existem a todo o momento.
Veja-se o caso do senhor Manuel, e numa coisa bem menos gravosa, quase infantil, mas não tomou cuidado e depois. Mas eu explico melhor.

TELEGRAMA

Prezado Senhor Manuel de Oli.....


Informamos que o resultado da análise da mancha vermelha em seu pénis era só batom.
Lamentamos a amputação.

Agora quando pensarem em gozar as indeléveis e inultrapassáveis delícias do sexo anal, tenha sempre o seguinte em atenção.
A certeza de os intestinos aliviados de toda a matéria fecal, e uma irrigação com água bem fervida com umas gotas de óleo de amêndos doces, antes do "matas-me mas não pares", é o ideala para uma noite de loucura.
E também acho que o homem deve essencialmente preocupar-se com a parceira.
Preliminares de qualidade e saber dar o beijo cor-de-rosa muito prolongado.
Acima de tudo, levar sempre em consideração que a flor que desabrocha para ele, merece tudo.
Bons terremotos

Velho do Restelo! disse...

Aprendi que há maus médicos por aí... Eu conheço parecido:

Um sujeito entra no consultorio muito assustado e diz ao médico: Sr. Dr. tem que me ajudar... o meu pénis vai cair... tenho uma mancha vermelha na cabecinha!!! O médico manda o paciente por o pénis de fora... observa e diz-lhe "Ena como isto está" vira-se coloca as luvas pega num algodão mete num frasco com um liquido... passa pela mancha e sai tudo!!! O Homem eufórico agradece e na hora de pagar... o médico pede-lhe 50 euros que ele paga sem pestanejar!!!
Na semana seguinte
O mesmo Homem entra no consultorio muito assustado e diz ao médico: Sr. Dr. tem que me ajudar... o meu pénis vai cair... tenho uma mancha castanha na cabecinha!!! O médico manda o paciente por o pénis de fora... observa e diz-lhe "Ena como isto está" vira-se coloca as luvas pega num algodão mete num frasco com um liquido... passa pela mancha e sai tudo!!! O Homem eufórico agradece e na hora de pagar... o médico pede-lhe 150 euros!!!
O Homem até recua... fica branco e diz: 150euros?? Por 2minutos!!! Na semana passada vim cá com um problema idêntico... o tratamento foi o mesmo... e agora quer 150euros porquê???
O médico olha para ele e diz: "Meu senhor... a situação era muito diferente... embora o tratamento fosse o mesmo... mas na 1ª vez era baton... e agora era Merda!!!

Vem que eu Ensino disse...

Exactamente! Daí eu aconselhar e sem cobrar nada, de ter a certeza de intestinos bem evacuados e da tal irrigação, pelo menos uma horita antes do acto.
Assim será bom para os dois sem quaisquer constrangimentos de parte a parte.
E ainda aconselho que deixem de lado as inibições e façam tudo, vivam tudo que a vida sem prazer é uma seca.
Bons tsunamis para todos.

essagora , a bailarina dos olhos grandes disse...

bem a minha resposta quanto ao sexo anal é:

gosto e faço-o, mas por vezes, se a pessoa é um pouco bruta magoa, pois tem de me dar tempo.

Quanto à penetração no próprio homem, até hoje só um o permitiu que o fizesse e devo acrescentar que não é homossexual, bem pelo contrário, e vi-o a ter dos orgasmos mais fortes dessa forma!

Moranga disse...

Essência,
Apesar do tema ser melindroso, não chega às polémicas do teu blogue!!! hehe
Mas alaste muito e disseste pouco!! :p

Vem que eu te ensino e Velho do Restelo,

Que forma diferente de opinar... Divertida!

Essaagora,

Muito bom!!!
Gosto muito da tua forma directa e objectiva de dar as opiniões.
Em relação à penetração nos Homens durante o sexo anal, partilho na mesma opinião que tu... Mas isso vai ficar para um futuro post!

Bjos e boas vibrações.

Vem que eu Ensino disse...

O melhor sexo que eu tenho coma minha namorada é o sexo anal.
Mas faço-o sempre como aconselhei, uma higiene muito cuidada, óleos que eu não conheço mas ela sabe bem quais são a escorrerem pelas nádegas e ânus, muiotos preliminares e adoro antes fazer-lhe o beijo cor-de-rosa até a sentir completamente relaxada e consentante. Depois é um delírio e nunca disse que a magoava.
E também confesso que os maiores orgasmos que ela me proporcionou foram quando ela me possuiu com um vibrador. Adorei e adoro e garanto que não sou minímamente homossexual, pois repugna-me o simples contacto com um homem, mas sendo ela o meu gozo transcende tudo quanto se possa imaginar.
Fica o meu testemunho de um homem de 43 anos, de desejos eróticos intensos, mas que só consegue fazê-lo com a maravilhosa namorada que eu adoro.
Até àpróxima se tivermos oportunidade

Champanhe disse...

"Vem que eu ensino" CLAP! CLAP! CLAP!

São poucos ou nenhuns os homens que admitem que também apreciam a estimulação anal... fiquei maravilhada com o teu comentário!

Quanto a sexo anal... o grande Tabu de todas as reuniões, a sala por norma gela sempre... e no entanto é muito normal no fim da reunião virem ter comigo pedir mais informações de como se iniciarem na prática de sexo anal... umas porque até têm uma certa curiosidade ouras porque querem realizar uma fantasia do marido...

Acho que se deve ter muita confiança no parceiro, paciência muita calma... e Lubrificante para não ganharem fissuras... e já estou como o Velho do Restelo estamos a falar de sexo e não de amor!!! quanto às ditas lavagens não abusar que isso dá cabo da flora intestinal...

Mas de todas que "repudiam" o sexo anal... a melhor frase: " nem pensar...daqui só sai não entra!!!"

Há lá frase mais poética?!

Beijos com muitas Vibrações ;)

Vem que eu Ensino disse...

Champanhe.
A tua resposta merece-me uma resposta, mas não te quero incomodar e portanto não precisas responder. Eu faço-o porque entendo que devo explicar uma coisa.
Nenhuma mulher no mundo, mas mesmo nenhuma, deveria fazer sexo anal apenas para satisfazer uma fantasia do marido, e devia, se estiver curiosa, faz~e-lo só por ela mesma. Se o fizer só para satisfazer o marido ou namorado, a coisa não vai resultar e poderá até, ser uma experiência traumatizante para ela que não quererá mais repetir.
Quando faço sexo anal com a minha namorada, a nossa excitação e prazer é incomensurável e sempre desejada. Isto porque não fazemos disso um hábito diário nem obrigação de vida. As nossas relações são normais dentro daquelas que um homem e uma mulher possam realizar, quando ambos, como é o nosso caso, possuem desejos eróticos intensos. O sexo anal vem por acréscimo e nunca premeditado, o que o torna mais intenso já que, implicitamente, ele está sempre nas nossas mentes.
Isso acontece para aí uma vez por semana, ou mais, dependendo do clima, mas nunca uma obrigação.
Como também não é uma obrigação nem hábito quando ela me possui com o vibrador. Acontece também da maneira que pinte o clima.
A ela tudo lhe faço aplicando-me ao máximo e o meu maior prazer e excitação é senti-la sentir prazer com as minhas carícias e procedimento.
E faço-o porque ela também faz assim. Também tem prazer em dar prazer, dá mais do que recebe, não é egoista nem autoritária. É a mulher que me completa.
Fazemos assim. Por vezes eu mando e ela obedece, por vezes ela ordena e eu cumpro. Preciso dizer mais? Adoro-a!
E se às vezes, fantasiada de Capuchinho, por exemplo, ela deitada nos meus joelhos recebe umas palmadas, também noutras vezes não fui o servo eficiente que recebe uns açoites da sua senhora.
Mas nunca nos magoamos e é mais a intenção, o acto em si propriamente, o reconhecimento de obediência que nos dá o supremo prazer. Magoar ou sofrimento, isso não!
Tu compreendes, outros talvez não, mas eu e ela compreendemo-nos e completamo-nos perfeitamente.
Tenho a mulher bonita e perfeita. Adoro-a e não poderia desejar melhor.
Quanto à frase poética...lamento haver pessoas que por ignorância, medo ou educação, inibição ou errados conceitos de valores, passem por esta vida sem verdadeiramente a desfrutarem.

Beijinho para ti e muitas e boas vibrações

Lou Alma disse...

Venho só dar os parabéns a quem tão bem entende uma mulher.

Champanhe disse...

"Vem que eu ensino"

Deixaste-me sem palavras...

Beijos com muitas Vibrações

Velho do Restelo! disse...

Vem que eu ensino...
Parabéns pela coragem... como eu costumo dizer "Um Homem com uns testículos visíveis da lua... a olho nú"!!

Sem dúvida que uma mulher fazer só para satisfazer o desejo do companheiro... normalmente dá asneira!!! Há excepções!!! Mas... por norma dá asneira!!! Só mesmo quando temos PACIÊNCIA e muita calma... e a vamos tornando curiosa... eu quando ela tem duvidas... e diz que não é só para agradar, mas não acredito nisso... se for preciso ao fim de 10 "tentativas" ainda não a penetrei em 2cm... assim ela vai tendo confiança e desperta curiosidade!!! (Pelo menos tem despertado!!!)

Vem que eu Ensino disse...

Velho do Restelo, muito obrigado pela sua compreensão só ao alcance de um homem que sabe considerar a essência feminina. Só um homem com esses valores entendo a mente de outro homem igual.
Claro que, tanto num homem como na mulher, o sexo anal é um prazer divinal e não comparável a qualquer um outro. Para mim, o sexo anal é muito mais gratificador que o oral, sexo que eu adoro fazer e receber.
Mas o anal, sobretudo para a mulher que desconhece, é sempre precedido de uma ideia de dor, desconforto. Ora nada de mais errado. A zona anal é uma zona altamete erogénea, mas também muito sensivel que quando tocada tem a tendência a fechar-se, retrair-se. Então há todo um longo procedimento a seguir. Logo à partida nunca forçar uma mulher a fazê-lo. Conversar com ela, dizer-lhe que a beleza do seu ânus o enlouquece, que ela é linda e que a ama, e que tenha confiança nele que por tanto a amar nunca faria nada que a magoasse. E no fundo isto não é conversa de treta. Quando se ama uma mulher tudo quanto se lhe possa dizer para lhe manifestar amor é uma sinceridade.
Acariciá-la longamente, pedir-lhe para que relaxe, que feche os olhos e que desfrute das carícias que ele lhe vai prodigalizar. Que não pense em nada e que se deixe transportar para um outro mundo, que sinta apenas o quanto é amada e desejada.
Acaricia-a com meiguice na zona anal, beija-a lá, beija-a mais e mais, e não permita que ela brinque com o seu pénis. Que relaxe e se sinta amada, e se deixe voar. Então continue e sempre murmurando palavras de amor, continue a espalhar óleo abundantemente pelas nádegas e ânus. Enleada e no fundo também desejosa, a bela flor começa a abrir-se e depois a desabrochar. Tente então a penetração, mas seja meigo e comedido. Só encosta, depois roça um pouco, volta a encostar e deixa lá ficar.se sentir que ela se retrai, recomece. Volta lá e devagarinho, muito docemente tenta introduzir a cabeça do pénis. Conseguido isso, não force. Fique quieto e diga-lhe que se morresse agora já morria feliz. Ela, depois de sentir a cabeça do pénis introduzida, vai sentir que não lhe dói e feliz por você respeitar a sua sensibilidade e não a magoar. Será ela então que inconscientemente vai criar um sentimento de culpabilidade por ter sido "tão má para si", vai sorrir feliz, vai dizer que naão se sente magoada e que se quiser meta mais um pouco. Faz, mas muito devagarinho, e depois da introdução não se precipite. Deixe ficar, faça contrações no pénis que a vão levar ao céu. depois e se ela disser que sim, que não sente dor, inicie os movimentos normais, mas muito devagarinho, muito mesmo. Não vá até ao fim e retire-se. Ela vai perguntar-lhe porquê, e você diz que se calahr estava a magoá-la e ela não dizia nada. Ela vai reparar no seu gesto e agradecer-lhea sua sensibilidade, e o mais provável é que seja ela mesma a pedir-lhe para repetir. A partir daí, sejam felizes e desfrutem dos prazeres que a vida tão generosa colocou ao alcance das pessoas sensíveis.
O amor não tem limites, não tem barreiras, não tem conta nem medida e é imutável. Tudo, mas tudo na vida, só se consegue com amor e...muita tolerância e compreensão.
Não sei por que os homens, alguns homens, tornam tudo tão difícil quando afinal é tão simples.
Se a amas escuta-a, entende-a. Conseguido isso, tudo o mais virá naturalmente.

Lou Alma disse...

Adorei a explicação. Simplesmente adorei .

Velho do Restelo! disse...

Vem que eu ensino...

Temos mais ou menos os mesmos procedimentos... mas... eu costumo guardar para mim... e para "as minhas amigas" que vou iniciando ou que estão "traumatizadas"! Porquê?? Não digo!!!

vem que eu Ensino disse...

Claro, Velho do Restelo. Guardar para nós é uma virtude, e respeito para com a mulher.
Dir-me-á que eu digo uma coisa e faço outra, mas não é assim. Se há alguém que sabe guardar um segredo, sou eu. Mas, aqui sou um anónimo que quis ajudar mais os homens que as mulheres, e você tem um registo, logo, uma identidade a perservar.
como anónimo vim contar experiências de vida que podem, eventualmente, serem úteis. E ainda, tentar mostrar aos homens, alguns homens, que quase sempre nos maus relacionamentos a culpa é do homem.
Vão-me dizer. Ha! Mas as mulheres têm uma lógica que ninguém as entende, enervam um santo, dizem agora uma coisa e logo a seguir outra, fazem promessas e não cumprem, mostram-se consentantes e depois dizem que têm dores de cabeça. Pois é verdade, tudo isso é verdade mas...onde está e se encontra o encanto, a magia, o esplendor da vida? onde está aquilo que nos excita e nos faz cometer as maiores loucuras do mundo? Onde está o encantamento da essência feminina se elas fossem como nós?
Não tinha interesse a vida e nós perdiamos o interesse por elas.
Tenho pois para mim, que a incogruência feminina, (para nós, homens) É exactamente aquilo que dá motivação ao amor.
O amor, o verdadeiro amor, aquele que justifica vidas paralelas e dá razão à existência, é exactamente não se compreender as mulheres. Dizermos que ela nos mata de nervos com as suas incongruências, com o se ora para aí virada para logo a seguir dizer com o maior desplante "nem penses", e elas dizerem também que as matamos de nervos porque somos uns insensíveis, uns sacanas que não as compreendemos, que nem sequer reparamos no visual novo e só pensamos em sexo.
Porque na obra perfeita da Natureza, em todas as espécies o macho completa a fêmea, e essa completa o macho. Mas, na nossa espécie, a mais evoluida e inteligente, logo, a mais assexuada, algo de muito estranho acontece.
Se na verdade e por afinidade e desejo tudo nos aproxima, por natureza tudo nos separa. De comum só temos pertencermos à mesma espécie.
Ora a obra da Natureza é perfeita, logo, isso quer dizer alguma coisa. Para mim, penso assim.
Não será esta incongruência que nos separa o mistério da verdadeira felicidade? Só há que descobri-lo. isso conseguido, tal como disse no comentário anterior, tudo o resto virá naturalmente.
Ai que a dona do blog mata-me. O que estou para aqui a dizer.
desculpa, Champanhe; como todos os homens, sou um chato

Velho do Restelo! disse...

Vem que eu ensino...

Não divulgo por egoísmo... e não por uma questão de privacidade!!!

Sim que não tendo uma "companheira" ... sei que já "ajudei" alguns "amigas" e casais... porque nem todos os homens "sabem" iniciar uma mulher nessas práticas... e quem sabe... pode "comer" o fruto alheio"!!! Porque não estou a oferecer nenhum serviço... mas o certo é que já tive mais que uma sessão de "sexo recomendado"!!!
E porque estamos a falar de Sexo... Foi muito bom para mim... e Muito bom para elas e "companheiro" (ok... foram traidos... mas puderam "desfrutar" de sexo anal... com prazer para os dois, em vez de prazer para eles e choro e terror para elas!!!

São motivações diferentes!!!
Abraço e Saudações

Champanhe disse...

Vem que eu ensino, não acho que sejas um chato... mas sim um apaixonado... lê-se que falas do que sabes e com uma grande paixão...

Adorei a descrição, não podia estar melhor... e acho que muitos homens têm muito a aprender porque se há mulheres que ainda continuam com receio da prática de sexo anal isso também se deve em parte ao tacto, ou melhor à falta de tacto de muitos homens...

Quantas são abordadas pela maravilhosa frase:

"Amor...quando é que te vou ao cú?"

E sem nunca terem no mínimo estimulado a mulher para tal, seja com os dedos ou com a língua...se a mulher não se aperceber que é uma zona agradável de ser estimulada como é que a vai desflorar?! simplesmente não vai!! E há-de continuar na ignorância de não saber os prazeres que advém do sexo anal.

Beijos com muitas Vibrações...

1 Min (i) Fresca disse...

Quando aqui cheguei pensei: Isto não é para ti! Sim que eu já vi uma cena com: Morangos e Champanhe... no cinema, que isso é cena de muito requinte!! Não é para "1 mini fresca! É coisa mesmo com muito requinte, eu o máximo a que cheguei foi a Morangos com Chantilly (E foi de doidos - recomendo o uso de chantilly)
É que isto de Morangos com Champanhe... eu nem chego ao Espumante!!!
Mas... mesmo assim, passei os olhos atentamente pelo último post e seus comentários!! E retirei uma frase da Sra. D. Champanhe: "Amor...quando é que te vou ao cú?" ora bem... tudo bem, eu sou um gajo que bebe umas "mines"... e até consigo ser mais delicado "Oh Joía!!! Dá-me o teu BIJOU!!!" (Não confundir com Bujon... isso é conversa de mecânico)

Mas, fora qualquer trocadilho ou piada (que tento fazer)... Uma coisa é verdade:

NEM SEMPRE É FÁCIL DIZER O QUE QUEREMOS! NEM SEMPRE É FÁCIL PEDIR! QUE TERMOS USAR?

Por vezes "somos" de mundos diferentes ao estilo: Champanhe/"Mine" ... Mas não é só com o sexo anal! É com quase tudo, por vezes até temos medo de falar, normalmente pra evitar confusões, vou só "encaminhando" mas quando elas perguntam: O que é que tu estás a querer??? Nada minha Linda... Porquê? O que achaste que eu queria?

Vida de gajo... também não é fácil!

Diácono Sem Remédios disse...

Estou estupefacto, cilindrado, esmagado, desconsolado, descontrolado e tudo o mais de terrífico terminado em ado.
Como é possível tanta depravação em meninas que ainda deviam estar a brincar com bonecas, com meninas que se deviam preocupar com as boas maneiras, com costura, com serem boas donas de casa, humildes e boas mães e melhores esposas, enfim, tudo isso de bom-tom que deviam ser os predicados de boas meninas cristãs a fim de honrarem o marido que deus lhes der, e perderem tudo isso e virem para aqui falar de, de...essas coisas horríveis capazes de fazerem corar de vergonha o mais boçal carroceiro?
Aonde vamos parar, mundo?
arrependam-se enquanto é tempo, que Deus é misericordioso mas certas coisas nem ele poderá perdoar.
era o que eu faria se fosse ele, Se..sex...essa coisa no...no... enfim, nessa coisa que serve para evacuarmos os alimentos que Deus misericordioso põe à nossa disposição para nos alimentarmos?
Quereis arder todas nas chamas eternas do Inferno? Pois, não quereis não. Então arrependam-se da vossa depravação, vão à missa todos os Domingos e rezem. Rezem muito que pode ser que ELE na sua infinita misericórdia se compadeça de vós, e tirem das vossas cabecinhas essas ideias que só envergonham gente de bem. O Rabinho é para fazer o cocózinho, suas tolinhas. E depois como é que conseguiam? Hem? Como é que o pén...pén... essa coisa também, lá entrava? Que jeito davam? Que posição tomavam? e depois doía, não doía? Aquilo a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair. Que coisa horrível em que nem quero pensar.
Vá lá então e sejam meninas como Nosso Senhor gosta.
Quando pensarem nisso, do pén...pén...isso a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair, rezem um Padre-Nosso e uma Avé-Maria pelos vossos pecados.
fiquem todas bem e Deus vos abençoe, minhas filhas e não pensem naquilo a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair.
Vade-retro, Satanás, vade-retro

Anónimo disse...

Meu caro diácono o seu mal será portanto a falta...de remédios. Onde na biblia é que diz : não deixarais que vos vão as partes anais, hã, hã ?

Diácono Sem Remédios disse...

Outro pecador impenitente, que tenho para mim tratar-se mais de uma pecadora, que vem aqui deturpar as mais puras e sãs virtudes da Igreja Católica.
E onde é que diz que se deve ir às partes...às partes... a esses lados? Diz!? Pois não! Não diz!
E depois brincais com coisas sérias, com Deus, com o pecado como se fosse uma virtude, mas quando arderdes nas chamas do fogo eterno arrepender-vos-eis mas já é tarde.
Qundo pensarem no entrar e sair, entrar e sair, entrar e sair, entrar e sair; lembrem-se de Sodoma e Gomorra e o castigo terrível que a Fúria Divina sobre eles derramou. Quereis o mesmo para vós? Pois, bem me parecia.
Lembrem-se dos vosso paizinhos que tanto labutaram par vos criarem dentro das virtudes da pureza Cristã, e não cometeis esses pecado do entrar e sair, entrar e sair, entrar e sair, entrar e sair.
Achais isso bonito? De cócoras de rabi...de rabin...de rabin... essas partes para e ar e mostrarem para o devasso a salivar de desejos impuros e lascívos, a vossa vagi... a vossa vagi.. essa
coisa que tendes no meio das vossas perninhas, ali toda aberta para o devasso mafarrico?
Sede boas meninas, puras donzelas que Deus Nosso Senhor vos recompensará com um bom marido a quem ofertareis a vossa pureza.
Que Deus vos abençõe, minhas filhas

Anónimo disse...

Meu caro diácono serei sempre pura e santa desde que ele possa entrar e sair , entrar e sair entrar e sair até eu arder em chamas, amén !!!!

Diácono Sem Remédios disse...

Minha filha, não devias pensar nessas coisas pecaminosas. Foram as más companhias, mas ainda estás a tempo de encontrares o bom caminho, aquel puro e são caminho que a uma pura donzela é devido.
Pensa que estás comigo, nos meus braços, muito aconchegadinha e que eu te falo com muita meiguice para te mostrar o bom caminho.
Mas infelizmente não estás e não tens o carinho da compreensão que só o meu aconchego te mostraria.
Retiro-me agora, minha filha, porque se quero dormir alguma coisa preciso de tempo para rezar dois terços pelos vossos pecados.
Mas não penses nisso, não penses em que estás de cócoras, toda escarrapachadinha a mostrares a tua vagi...a tua vagi... a tua vagin... e o teu buraquinho ana...ana....ana... esse teu bonito buraquinho rosado e palpitante desejoso de prazeres pecaminosos. Não penses, não, minha filha?
Fica na graça de Deus e que Ele te ilumine.

Champanhe disse...

Ó mini...Sê muito bem vindo aqui ao nosso estaminé.... Que lá por sermos morangos com champanhe, há dias que realmente o que apetece é mesmo a bela da "mine" estupidamente gelada!!!! ;)

Eu sei e entendo que vida de gaijo também não deve ser nada fácil, principalmemte a lidarem com um bicho tão complicado como nós " gaijas" somos... há que ter muita paciência e ir sondando o assunto com muito amor e carinho :)

beijos com muitas vibrações

Miguel disse...

Vem que eu ensino, ou muito me engano ou cabes perfeitamente neste conceito:

http://ensaiossobreavidanaterra0.blogspot.com/2010/05/olha-eu-aqui-pensar.html


Quem fala assim de uma companheira merece uma vénia...

Abraço

Pedro Bom disse...

Discussão e resposta muito interessantes.
Também coloquei um post sobre o tema.... teve que vir logo outro a seguir explicar que a mulherada parecia que estava num galinheiro (brincadeirinha)