sexta-feira, 14 de maio de 2010

Quem Conta um Conto, Acrescenta um Ponto!

E não é que é verdade!
Vi aqui, aqui e aqui este desafio e achei muito interessante... Porque a nossa imaginação não tem limites.

As regras:
O autor do blogue dá largas à sua imaginação e inicia uma história... e os respectivos leitores, querendo, deverão dar-lhe continuidade à imaginação partindo do último comentário registado que deixará sempre em aberto o desenrolar da história, para o comentador seguinte! Portanto, os desafios lançados são: contribuir para as histórias que estão no link deste post e depois contribuírem aqui! Sei que é complicado seguir quatro histórias, mas não é impossível! :)
Boa imaginação!

"Era dia dos namorados e, não sabia o que iria acontecer. Não tinha nada planeado porque trabalhava nesse dia mas, quando cheguei a casa, ao estacionar o carro reparei na luz tremula que vinha da janela... Ao entrar em casa vejo a surpresa que ele tinha preparado... Toda a sala estava cheia de velas, a lareira acesa, a mesa posta ao pormenor com um fondue. No chão ao pé da lareira estava uma manta e alguns almofadões, dois copos e uma garrafa de vinho aberta...
As suas primeiras palavras foram " anda, vai arranjar-te porque o jantar está quase pronto!"
Dei-lhe um beijo ao de leve e fui arranjar-me. A casa de banho estava cheia de velas com a banheira cheia de água e espuma..."

4 comentários:

A minha essência disse...

Humm... a minha mente entrou logo em devaneios... tomei um banho de espuma ao som de uma música relaxante... ao sair do banho, delicadamente passei com a toalha pelo corpo... pus o creme, vesti umas cuecas pretas de cetim e o roupão também de cetim (sempre a imaginar o que viria a seguir)... Perfumei-me e soltei o cabelo...
Cheguei à sala e fiquei junto à porta, onde ele do sofá observou-me e disse-me: estás maravilhosa! Através do tecido do roupão, consigo ver os picos dos teus seios... vem junto a mim, quero dizer baixinho ao ouvido os meus devaneios mais loucos... caminhei suavemente em direcção a ele. (Sentia-me quente, a tremer de desejo) Assim que a minha orelha se junta aos seus lábios, sinto a sua respiração quente que me sussura...

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
A vibração que te posso desejar é um beijo de bom f-d-s.

Bloguótico disse...

... ter um desejo proibido e que muito provavelmente eu não iria gostar de o saber! Curiosa respondi-lhe afirmativamente e, de facto, não gostei do que ouvi!! Pretendia ele que...

essagora , a bailarina dos olhos grandes disse...

naquela noite o tratasse como seu escravo.

O utilizasse como um objecto, porque estava ali, naquele momento, apenas para a satisfazer.

Agora, minha ama, o que deseja que este humilde servo lhe conceda em desejo?