sábado, 23 de outubro de 2010

Será que existe?

Será que existe uma etiqueta sexual?
O que é certo ou errado na "cama"?
Será que o nosso comportamento se altera ao longo de uma relação?


É provável que exista a tal etiqueta sexual (existe etiqueta para tudo e certamente o sexo não é excepção!) mas, principalmente temos que ter em conta as diferentes circunstâncias, idade, cumplicidade e "personagens" que envolvem as situações.
É importante (pelo menos eu penso que é) agir de acordo com o que nós acreditamos/gostamos. Não vou aceitar fazer uma coisa apenas por etiqueta. Sinceridade e naturalidade são duas chaves fundamentais para que tudo corra bem e, a velha máxima de "não faças aos outros o que não gostarias que te fizessem" também ajuda.
Ninguém deixa de fazer sexo se a depilação não estiver em dia mas a verdade é que vamos estar muito mais confiantes se tivermos a depilação em dia.
A roupa interior também é um dos factores determinantes. A higiene??!! Também, a higiene também e, é verdade que não conseguimos estar o dia todo como se tivéssemos saído do banho e nem sempre estamos em lugares onde há possibilidade de um banho mas, usem a imaginação para contornar todos esses pormenores e fazer de cada encontro um momento único.

Certo ou errado não existe!!! Desde que os dois estejam de acordo, tudo é possível. E o diálogo é a base para o sucesso. Obviamente que num primeiro encontro por vezes as coisas compliquem-se por não sabermos bem os limites do parceiro mas isso não quer dizer que tenha que aceitar fazer tudo o que me é pedido apenas para ficar bem na "fotografia". Respeito pelas decisões de cada um deve existir.

Ao logo do relacionamento vai existir maior confiança e conhecimento mutuo e isso é um ponto a favor contudo, acontece com frequência em relacionamento longos as pessoas se desleixarem... E isso não deve acontecer, há que manter a paixão, procurar novas formas de satisfação, surpreender, valorizar e fazer com que cada momento seja único, como se fosse a última e a primeira vez ao mesmo tempo.

4 comentários:

Velho do Restelo! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Velho do Restelo! disse...

Bem... Por vezes é complicado saber até onde podemos ir, o meu maior problema é o medo de chocar a outra pessoa! Mas... Quando se gosta... de sexo... vale quase tudo!!!

pink poison disse...

Etiqueta sexual: apenas tentar captar o limite do outro... Se a empatia for muita, porque não tentar ultrapassar os mesmos?

Moranga disse...

Velho do Restelo,

É bem verdade, quando se gosta vale tudo... Mas é sempre preciso haver respeito mútuo. :)


Pink Poison,

Também acho que devemos sempre ultrapassar os limites... Isto para que não haja monotonia mas... Volto a repetir... para mim tem sempre que haver respeito mútuo e infelizmente nem sempre acontece...

Bjos e boas vibrações.